11 fatos que mostram a gravidade do sedentarismo

O sedentarismo é um dos grandes vilões da saúde, e isso não é nenhuma novidade. Contudo, os índices de adolescentes sedentários crescem de maneira preocupante.

Nathan Rodrigues

22/11/2019 às 12h57 - sexta-feira | Atualizado em 26/11/2019 às 17h34

Nós, do Portal Boa Vontade, já listamos cinco maneiras muito criativas de se livrar do sedentarismo.

Afinal de contas, uma fórmula eficaz de manter uma boa saúde física, mental e espiritual é ter uma vida mais ativa.

Shutterstock

Para demonstrar os prejuízos de uma vida sedentária, listamos aqui alguns dados muito preocupantes revelados pela Organização Mundial da Saúde, a OMS.

O estudo foi publicado pela revista The Lancet Child & Adolescent Health.

Leia o documento completo, em inglês.

Para calcular o número de adolescentes sedentários, a OMS analisou pela primeira vez dados reunidos entre 2001 e 2016, envolvendo 1,6 milhão de estudantes de 146 países.

11  fatos que mostram a gravidade do sedentarismo

1. Quatro em cada cinco adolescentes no mundo são sedentários.

2. A situação é mais preocupante entre as meninas: 85% das entrevistadas não atingiram o nível mínimo recomendado de uma hora de atividade física por dia. Entre os meninos, o índice foi de 78%.

3. A diferença entre a porcentagem de meninos e meninas que atingiram os níveis recomendados excedeu 10 pontos percentuais em aproximadamente um em três países (29%, ou seja, em 43 dos 146 países).

4. As maiores diferenças foram registradas nos Estados Unidos da América e na Irlanda: mais de 15 pontos.

5. Em todo o mundo, 81% dos adolescentes em idade escolar não cumpriram a recomendação de uma hora diária de atividade física em 2016.

6. No Brasil, a situação é pior: 84% de jovens não praticam uma hora diária de atividade física.

7. De acordo com o estudo, uma das causas desta tendência é a “revolução digital."

8. Os níveis de atividade física insuficiente observados entre os adolescentes representam um perigo para a saúde.

9. Uma vida ativa na adolescência melhora a capacidade cardiorrespiratória e muscular, a saúde óssea e cardiometabólica, além de ter efeitos positivos no peso.

10. Há evidências de que a atividade física tem um efeito positivo no desenvolvimento cognitivo e na socialização.

11. Os dados atualmente disponíveis indicam que muitos desses benefícios permanecem até a idade adulta.

Xô, sedentarismo!

O novo relatório da Organização Mundial da Saúde reafirma a importância de manter uma boa qualidade de vida, adotando hábitos mais saudáveis.

Shutterstock

Como nós prezamos pela sua saúde (física, mental, emocional e espiritual), listamos várias maneiras de garantir uma vida mais saudável. Olhe só:

+ Descubra como acabar com a insônia e ter mais qualidade de vida
+ Entenda o que é a fome emocional
+ 7 maneiras eficazes de combater a obesidade infantil
+ 10 passos para conquistar um envelhecimento saudável
+ 5 maneiras infalíveis de ter uma boa saúde mental
+ Síndrome de burnout: como prevenir o esgotamento?
+ Como seu estilo de vida pode estar relacionado ao câncer

Acesse nossa seção de SAÚDE e leia outros textos sobre vida ativa e saudável.

Espante de vez o sedentarismo e adote hábitos mais saudáveis. Pense em sua saúde!