Paiva Netto lança "Os mortos não morrem" e brada: "rumo aos 30 anos do Templo da Boa Vontade"

Em sua pregação ecumênica, ele lembrou, diversas vezes, que a vida não cessa após o fenômeno da morte.

Nathan Rodrigues

20/10/2018 às 16h40 - sábado | Atualizado em 22/10/2018 às 16h19

O Irmão Paiva Netto, fundador do Templo da Boa Vontade, dirigiu, neste sábado, 20, durante a sessão solene dos 29 anos do monumento mais visitado da capital brasileira (segundo dados da Secretaria de Turismo do Distrito Federal), emocionante e fraterna mensagem aos Cristãos do Novo Mandamento de Jesus da Terra e do céu da Terra, conclamando que "os mortos não morrem." O evento foi acompanhado por uma multidão que superlotou a Nave do TBV e ambientes arredores, e transmitido para todo o Brasil e mundo pela Super Rede Boa Vontade de Comunicação (Boa Vontade TV, Super RBV, internet e pelo aplicativo Boa Vontade Play).

Saudado pela Família Legionária ao som da música "Jesus, o Alimento dos povos", composta por ele e que também integrou o Espetáculo Música Legionária, edição 2018, o presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo ressaltou o propósito do monumento, uma das Sete Maravilhas de Brasília/DF (a união consciente das duas Humanidades), fazendo referência ao tema desta edição do "Outubro no TBV": "Céu e terra num só coração".

+ Acompanhe a cobertura completa dos 29 anos do TBV; clique aqui

Em sua pregação ecumênica, o dirigente das Instituições da Boa Vontade (IBVs) lembrou, diversas vezes, que a vida não cessa após o fenômeno da morte. Neste sentido, convidou todos a acompanhar a leitura de um dos destaques constante de seu novo livro, intitulado "Os mortos não morrem", na página 76. No trecho, o autor escreve:

"A manifestação espiritual em nossa existência revela-se diariamente aos olhos mais atentos. Para esses, não há temas tabus. Não se intimidem com a pressão do status quo. Por isso, vivem dispostos a avançar sobre território proibido pelo establishment. Entre eles se encontra parte vanguardeira da Ciência, campo luminoso do saber humano, que nada teme".

O Irmão Paiva apresenta, nesta obra literária, seu brado de Vida Eterna, conduzindo os leitores pelas mãos, como um sábio professor, a uma viagem ecumênica e profunda sobre esse instigante tema, velho conhecido da humanidade. Ao vencer a morte, conforme narra o relato Sagrado da Mensagem do Túmulo Vazio, Jesus derrotou o que até então era impossível aos olhos humanos.

E a primeira edição do livro, que foi lançado neste sábado, já está esgotada! \o/

DIA DOS VIVOS

Junto à multidão, Paiva Netto prosseguiu o importante estudo, lendo trechos do subtítulo "Dia dos Vivos", um dos instigantes subtítulos do capítulo "Finados e Vida eterna" de sua nova obra literária, a partir da página 79.

Ele pontuou que a ligação com o Criador pode amenizar a saudade daqueles que partiram para a Pátria da Verdade, transmitindo-lhes ainda Paz. Neste sentido, destacou o Poder da Oração, convocando todos os Legionários da Boa Vontade de Deus que superlotaram a Nave do TBV a repetirem essas palavras. Confira este emocionante momento:

Para completar a explanação, reforçou a todos que sempre devemos nos lembrar dos Irmãos da Humanidade de Cima Elevada não apenas no dia Dois de Novembro, mas em todos os dias.

RUMO AOS 30 ANOS DO TBV!

Para fechar a Sessão Solene com chave de ouro, Paiva Netto conduziu um comovente momento de Súplica ao Cristo, dedicando a todas as famílias legionárias o capítulo "A Prece", de "Os mortos não morrem", que fica entre as páginas 485 e 488.

E, ao se despedir do público, bradou: "rumo aos 30 anos do TBV!", preparando os corações de todos para essa Grande Festa das Duas Humanidades!

Que venha logo o 30º aniversário do Templo da Boa Vontade! \o/ \o/ \o/

RECORDAR É VIVER

Você quer rememorar todas as emoções dos 29 anos da Pirâmide dos Espíritos Luminosos e das Almas Benditas? Confira a nossa Linha do Tempo, que reune cronologicamente todos os momentos da programação especial em comemoração aos 29 anos do monumento. =D