Aplicativos promovem ajuda mútua entre ciclistas

Nathan Rodrigues

04/04/2017 às 13h25 - terça-feira | Atualizado em 05/04/2017 às 15h38

shutterstock


E aí, tudo certo? Nós, do Portal Boa Vontade, não cansamos de pontuar o quanto a tecnologia pode facilitar a nossa vida. E, mais uma vez, trazemos um interessante caso para ratificar essa premissa. Olhem só que legal, amigos: ciclistas de duas grandes cidades brasileiras estão desenvolvendo aplicativos para se ajudarem mutuamente diante do desafio de se deslocar nas metrópoles.

Os apps Alerta Bike e Bike Ajuda, desenvolvidos, respectivamente, em Curitiba e em São Paulo, prometem facilitar a cooperação entre os ciclistas que são vítimas de assaltos ou que enfrentam, por exemplo, uma quebra mecânica. Boa ideia, não? =D

Em entrevista à Agência Brasil, o idealizador do Bike Ajuda, Daniel Moral, ressaltou que essa ajuda já ocorre naturalmente, mas "o aplicativo foi o modo de tentar otimizar isso.” Como ele funciona? O usuário pode solicitar apoio por meio de um botão de emergência. O programa envia automaticamente um sinal de socorro para todos os ciclistas que utilizam a ferramenta eletrônica e estejam nas proximidades do ocorrido.

Se nenhum ciclista ou mecânico for encontrado, o Bike Ajuda informa uma lista de oficinas de bicicletas daquela região para que o solicitante busque ajuda. 

Em funcionamento desde outubro de 2016, a ferramenta está disponível, até o momento, apenas para dispositivos móveis com IOS.

CONTRA A VIOLÊNCIA

Se o aplicativo criado por Moral é acionado, na maior parte dos casos, para problemas mecânicos, a ferramenta idealizada pelo professor e ciclista Jackson Luís Cunha, morador da capital paranaense, atende a um outro propósito. Ele também contou à Agência Brasil que criou o Alerta Bike devido aos índices elevados de roubos de bicicletas na cidade.

“Usávamos entre amigos, inclusive tivemos a felicidade, enquanto o aplicativo era beta [versão de teste] e só nós tínhamos, de localizar uma bicicleta [furtada] em menos de duas horas”, disse. No ranking do Cadastro Nacional de Bicicletas Roubadas, Curitiba aparece em terceiro lugar, com 258 furtos e 56 roubos ~ ou 8,56% do total das ocorrências.

shutterstock


O app, assim como o Bike Ajuda, usa a rede de usuários para apoiar o ciclista em perigo, alertando instantaneamente as pessoas em caso de furto ou roubo. As pessoas que têm o aplicativo, que é gratuito e está disponível para Android e IOS, recebem o alerta na hora, com a foto da bicicleta, endereço do ocorrido e até informações dos envolvidos do roubo.

O alerta também pode ser compartilhado nas redes sociais e ampliar a divulgação do ocorrido.

POR UM MUNDO MELHOR \o/

Viu, só? A tecnologia pode ser uma aliada e tanto, nos ajudando, por meio de ferramentas como essas, a mudar nossos hábitos e, consequentemente, a ajudar o Planeta e a nós mesmos! #BoraMudar!