Casal enumera Paz alcançada após Réveillon Espiritual no Templo da Boa Vontade

O monumento oferece, tradicionalmente, uma programação voltada para as famílias que buscam uma virada com Paz e Tranquilidade.

Janine Martins

29/11/2017 às 08h05 - quarta-feira | Atualizado em 29/11/2017 às 08h47

O réveillon é marcado por gestos que buscam atrair boa sorte e um bom ano novo. Para o casal Maria Irene e Jorge Vilela, a chegada de 2017 deu início a mais um hábito para essa época do ano: fazer a contagem regressiva no Templo da Boa Vontade. O monumento oferece, tradicionalmente, uma programação voltada para as famílias que buscam uma virada com Paz e Tranquilidade. Para receber 2018, o evento tem início às 22 horas.

“Eu estive aqui no réveillon e me senti muito bem. Comecei a frequentar e quero agradecer a Jesus por esse especial convite que Ele me fez”, destacou Maria Irene. O Templo da Boa Vontade, também conhecido como Pirâmide da Paz, foi eleito pelo povo como uma das Sete Maravilhas de Brasília e proporciona aos seus peregrinos esses momentos de Paz.

José Gonçalo
Vista parcial do público presente na última edição do Réveillon Espiritual no Templo da Boa Vontade

Jorge comentou como foi a experiência: “A Irene esteve aqui e me convidou. ‘Vamos passar o réveillon no Templo da Boa Vontade, haverá uma mensagem do Irmão Paiva’. Nessa mensagem ele falou muito em paz e nós estávamos passando por vários desafios. Passamos a partir da mensagem — e do convite para as reuniões aos sábados, de ouvir a rádio — passamos a ter mais equilíbrio”. A cada ano, uma nova mensagem de ânimo e esperança do fundador do Templo da Boa Vontade, Paiva Netto, é dedicada aos peregrinos do monumento na chegada de um novo ano.

Para o casal, a virada de ano no TBV representou uma nova forma de olhar a vida. “Os desafios não ficaram tão pesados, e nós tivemos o que é essencial: a Paz. E essa paz, o equilíbrio, que traz a felicidade. Não são os desafios, mas sim a paz e o equilíbrio que você tem para conviver e vencê-los”, disse Jorge. Maria Irene comenta os valores que interiorizou nesta que é uma das Sete Maravilhas de Brasília: “Eu fiquei mais calma, mais tranquila, passei a enfrentar os desafios com mais equilíbrio, tranquilidade”.

As melhorias no cotidiano do casal foram sentidas no decorrer de 2017, como relata Jorge: “Eu melhorei profissionalmente, porque com equilíbrio, com paz, até profissionalmente você se torna melhor. Nós tivemos dois desafios que tivemos que superar, que foi a morte da mãe da Irene em janeiro e a da minha irmã em abril, e como aqui nós aprendemos que ‘os mortos não morrem’ [ensinamento do Irmão Paiva Netto que é o brado do Templo da Boa Vontade], isso foi um mote para o nosso crescimento, nós estamos muito agradecidos por isso”.

SERVIÇO

Réveillon Espiritual no Templo da Boa Vontade
Data: 31 de dezembro
Horário: A partir das 22 horas
Local: Templo da Boa Vontade (Quadra 915 Sul — Brasília/DF)
Entrada: Franca
Informações: (61) 3114-1070