Conheça os benefícios da caminhada para o corpo e a mente

Essa prática regula o organismo e deixa a mente em paz, cuidando do bem-estar físico e mental.

Nathan Rodrigues

16/01/2018 às 17h37 - terça-feira | Atualizado em 26/01/2018 às 17h35

Você conhece os benefícios da caminhada?

Muitas pessoas que começam a praticar atividade física descobrem que a caminhada é uma das principais formas de sair da zona de conforto, abandonando de vez o sedentarismo. E é verdade, amigos. Não pesa no bolso, pode ser feita a qualquer hora do dia, cabendo na sua agenda, e não tem restrição de idade. Regula o organismo e deixa a mente em paz, cuidando do bem-estar físico e mental. É preciso enxergar e cuidar da saúde em todos os seus aspectos para ter uma vida saudável, não se esqueçam. ;)

Shutterstock

Mas para tirar proveito dos benefícios da caminhada, é preciso tomar alguns cuidados. Não basta sair por aí, caminhando, gente! Por isso, sugerimos que prestem muita atenção a essas dicas que nós, do Portal Boa Vontade, separamos para você. \o/

Levando essas dicas em conta, estará pronto para encarar a vida com muito mais saúde. ;)

POR QUE FAZER CAMINHADA?

A caminhada é uma atividade física recomendadíssima pela Sociedade Brasileira de Cardiologia e outras organizações médicas. Como já dissemos anteriormente, qualquer pessoa, independentemente da idade, pode fazê-la, e é uma prática para lá de importante para quem deseja uma boa saúde e disposição ~ física e mental ~ para enfrentar os desafios do cotidiano. 

Marcos Santos/USP Imagens

"Ela faz com que o coração e o organismo trabalhem bem", resume o cardiologista dr. Pedro Pimentel Filho. O especialista afirmou, em entrevista ao programa Viver é Melhor, da Super Rede Boa Vontade de Rádio, que caminhar trinta minutos por dia, em cinco dias da semana, melhora a química do organismo, atuando na circulação, no metabolismo e diminuindo fatores de risco para doenças coronárias. Eis aqui outros benefícios da caminhada:

- Diminui o estresse;
- Consume calorias, colaborando na redução de peso;
- Reduz a pressão arterial;
- Fortalece os músculos;
- Melhora a postura corporal;
- Colabora para a qualidade do sono;
- Combate a osteoporose;
- Ajuda os pulmões;
- Contribui para a saúde do cérebro.

Além de tudo isso, a caminhada trabalha forte na saúde mental das pessoas, sabia? Ao fazer essa atividade física, o corpo queima alguns hormônios que são liberados durante o estresse ou numa crise de ansiedade, por exemplo, melhorando nosso humor e autoestima. "Pessoas estressadas ou sedentárias têm hormônios como cortisol e noradrenalina aumentados e ela os queima. As artérias funcionam melhor, relaxam, melhoram as endorfinas, neurotransmissores que dão a sensação de bem-estar."

É importante destacar, contudo, que esses benefícios só serão sentidos se tiverem alinhados com outros hábitos saudáveis, como uma boa alimentação. Então, é recomendável acrescer à lista de mudanças uma reeducação alimentar. Nós podemos ajudá-los com isso: basta seguir os sete passos que indicamos nesta matéria super interessante. O que acha? #BoraMudar? =D

QUAIS CUIDADOS DEVO TOMAR?

Para aproveitar todas essas vantagens, no entanto, é preciso prestar atenção a alguns detalhes. Não vale correr de qualquer jeito, sem ligar para vestimenta e hidratação, por exemplo. Em conversa com a Super Rede Boa Vontade de Rádio, o ortopedista dr. Bernardo Stolnicki deu as seguintes orientações:

- Tome água antes, durante e depois da caminhada;
- Use um tênis adequado para a atividade;
- Roupas leves e confortáveis;
- Faça uma refeição leve antes de caminhar;
- Sempre faça um alongamento;
- Mantenha a postura correta ao correr;
- Respeite o limite de seu corpo.

Além disso, recomenda o ortopedista, é bom buscar uma avaliação médica antes de fazer caminhada e qualquer outra atividade física, principalmente depois dos 50 anos. "Do ponto de vista ortopédico, é muito importante avaliar e aconselhar o paciente a usar um tênis adequado para que o exercício colabore, não prejudique. Tem que ser um tênis adequado para a atividade, relacionado ao peso do indivíduo, ao terreno em que se pretende caminhar, à extensão da atividade. Existe uma série de variantes que é sempre bom avaliar", disse.

Essa matéria da Boa Vontade TV traz mais sugestões aos idosos que pretendem fazer alguma atividade física:

A CAMINHADA PODE FAZER MAL À SAÚDE?

Como já citamos, os benefícios da caminhada só serão percebidos se forem respeitadas algumas orientações, inclusive médicas. Em caso contrário, pode, sim, trazer prejuízos. "Se o indivíduo fizer a caminhada com um tênis inadequado, pode ter problema nos pés, nos tornozelos, no joelho. Há pacientes que têm alteração na marcha e precisam fazer compensação utilizando uma planilha. (...) Se seguir todas as recomendações, a caminhada é uma excelente atividade", explica o dr. Stolnicki.

Acompanhe entrevistas como essa no programa Viver é Melhor, da Super Rede Boa Vontade de Rádio, que vai ao ar de segunda à sexta-feira, das 14h às 16. horas. Sintonize em seu rádio ou curta por aqui mesmo, no Portal Boa Vontade. ;)